13 dezembro 2007

Um livro para chamar de meu

A convite do Vinícius, o Devorador de Livros, escrevi um texto sobre o livro que mais me marcou. Foi uma literatura que influenciou bastante meu jeito de escrever. Lá no texto eu explico por quê.

Vai lá dar uma olhada e aproveitar para conhecer o blog do "Elfo". Ele é mesmo encantador (o blog e o autor).

5 comentários:

Vinícius "Elfo" Rennó disse...

=]

Vinícius "Elfo" Rennó disse...

Kandy, reitero que fiquei muito feliz e honrado por recepcionar tuas palavras tão bem tecidas no meu blog. Saiba que és bem vinda a fazer outras visitas e, se desejar, podes trazer outros amigos contigo.

PS.: Por tua causa, fiquei com uma vontade louca de devorar este livro mais do que qualquer outro. ^^

Bruno Peres disse...

kandy..
como sempre arrasando nos textos.. mesmo no blog dos outros..
fazia tempo que nao lia seus textos...
saudades dessas palavras !!!

Rafael Porto disse...

Kandy, você mais uma vez se superou. Belo texto e ótima dica. Em breve devo estar com o Cem Anos de Solidão em mãos.
=)

Trotta disse...

Oi Kandy! Esse foi o melhor post de fim de ano que eu li até agora.

Apesar do que vc disse não ser realmente novidade, o simples nunca é fácil de fazer, como deveria, não é? E vc escreveu de um jeito que nos fala diretamente, pessoalmente, mesmo assim.

Acredita que esse ano eu realmente descobri como fazer a barba sem me cortar? Até isso bateu, hehehe!

Um feliz ano novo pra vc também!

Abraço!