25 janeiro 2007

Entrada franca

Para Eduardo Lima,
que tem olhos lindos
quando estão abertos...


Primeiro abra os olhos e tenha coragem, porque você não vai encontrar tudo como deixou.

Levante a cabeça e saia do lugar. As coisas mudaram, isso é fato. Encare-o sem perguntas, porque elas atrapalham demais.

Mas, cuidado! Não tropece nos próprios passos na ânsia de ver novidades. Acordar leva tempo.

Tome um copo d’água enquanto tenta encaixar as peças, mas, por favor, pare de bocejar. Você já dormiu tempo demais.

E todos aqueles jornais que se empilham lá fora? E as xícaras sujas de café de ontem transbordando na cozinha? E todo esse silêncio que desperdiça minutos? Os ossos doem, eu sei. Mas é preciso engolir esse amargo da boca e parar de ruminar desgosto.

E apagar lembranças, e curar ressacas, e tomar atitudes, e ir para algum canto, para deixar a luz entrar.

Você precisa se mexer! Parar de tratar a vida como pão fatiado, que acontece em capítulos e precisa ter final feliz. Geralmente não tem, aceite.

O cansaço é inevitável, nunca imbatível. Mas você desiste, porque a fraqueza acarpeta sua sala sem permissão. Olhe pra você, assim, tão miserável por tentativas fracassadas de suicidar desilusões. Em vez disso você as alimenta como animais de estimação. Covarde.

Não investigue sua casa tentando achar motivos. A culpa não é dela; é sua, que se machuca toda hora com essa descrença podre que aprendeu em algum lugar escuro não sei com quem.

Você ficou sozinho tempo demais com todas as mentiras, o descaso, o azar, a perda. E se afundou nessa torpeza nauseante por não saber nadar. Não foi capaz de pedir socorro...

Ninguém te salvou, eu sei, porque você mesmo matou a esperança e se trancou aí, nesse rancor bruto e irritantemente maciço, sem deixar ninguém entrar.

Não adianta, não há pra onde fugir. Uma hora você vai ter de enfrentar tudo isso mesmo, querendo ou não. E a hora é agora, porque parece que você acordou.

Diga-me que você abriu os olhos, vamos, diga-me que você finalmente abriu esses olhos...

Porque aí vai faltar pouco pra abrir essa maldita porta.



23 comentários:

Edilene disse...

Kandy,
Pela primeira vez não entendi um texto seu. Se a intenção era essa, valeu.
Achei hermético demais. Fluxo de pensamento que não deixa a porta aberta para a gente entrar.
Vou ler de novo e tentar entender. Talvez seja um problema do leitor...

bjks

Inagaki disse...

Bela foto, belo texto, bela trilha sonora. E a porta aberta para inúmeras leituras, como todo texto bem escrito deve permitir.

Jorge disse...

Gostei muito do texto!
Parabéns!

Ricardo disse...

Sem palavras...

Jana disse...

forte...

Lilian disse...

Olá Kandy, sou a Lili amiga do Dudu, nossa muito lindo o que vc escreveu para ele, muito lindo mesmo. Eu amei, e até salvei se vc nao se importa, pq quando eu estiver triste eu vou ler e vou ficar melhor.

Beijos

Vinicius disse...

DOCE de sua parte escrever algo para o Dudu...Beijos meus em você.

Aline disse...

parabens Kandy!!!!mto lindo isso...

sou prima do du, e fico mto, mto, mto feliz em saber q ele esta rodeado de amigos como vc..... q mostram q a vida vale a pena mesmo q a gente não acredite mais.....

sei q isso td eh um fase... pois nosso querido Eduardo Lima Santos... Não é assim.... e não merece ficar assim.... sejamos cumplices da sua alegria Du.... vamos ser felizes..... pois a vida é curtaaaaaaaaa..... e a gente tá deixando ela passar... e pisar em cima da genteeeee!!!!!!!!

Bjos Kandy

fernanda suaiden disse...

Muito forte!

Escuteirinho disse...

Não conheço a pessoa a quem se dirige o texto mas está lindo... muito lindo mesmo!!

Boa SEmana

Sara

Angela disse...

Kandy!!
QUE texto LINDOOOOOOOOOOOOOOOO!!!
menina, vc esta se superando !!!
Bjs

Bruno Peres disse...

"Abre los Ojos"
Kandy, seu texto me lembrou muito Vanilla Sky , parabéns kan, você consegue se superar sempre.
Li o texto três vezes seguidas, esta muito bom.
Um bom texto para o começo do ano !!!
We need to open our eyes...

Nata. disse...

Sinto falta de escutar isso dos meus amigos...

Glaucia disse...

Kan,
Gostei muito da sua foto. E preciso de um favor: Quero colocar uma foto de Santo Antonio no meu ultimo texto, do meu blog e não consigo! Vê se vc consegue pra mim. A imagem vc acha fácil no google.
Brigadinha.

AC disse...

Achei muito engraçado (ou sábio, dá no mesmo) o comentário q vc fez lá no Inagaki sobre a morte da Meg. Um abraço. Meu e-mail é ahc@cafeimpresso.com.br

rafael fermiano disse...

todos devemos deixar a luz entrar...todos

Patrícia Köhler disse...

Lindíssimo seu texto, Kandy. Uma dádiva ler isso.

Seu amigo tem sorte, muita sorte, por ter alguém como você na vida dele. ;-)

Um beijo.

ps: sumi da blogosfera (escrevendo e comentando), mas volto logo. E li praticamente todos os seus textos atrasados. De todos, digo o mesmo: parabéns por tudo... pelo humor, pela sensibilidade, pelas sacadas... você é das melhores escritoras que a internet permitiu aparecer. Meus sinceros parabéns! ;-)

Eduardo Lima disse...

Bem, agora é minha vez de escrever...

Falando como a pessoa a quem o texto foi dedicado:

Não tenho palavras pra escrever o quanto vc Kandy é especial, o quanto faz parte da minha vida e o quanto a ilumina com suas asas...

Como a Patricia disse, realmente tenho muita sorte de ter vc em minha vida.

Falando do texto: Vc conseguiu reunir tudo o que este "estado de espírito" te faz sentir. Somente vc pode saber a hora de abrir os olhos.

Vc consegue interpretar o texto de várias formas. Todos nós devemos deixar a luz entrar. Mas só quando os olhos se abrem é que vc tem noção disso.

A trilha sonora é perfeita. Brinco falando que a minha vida tem trilha sonora pra tudo. Agora tenho trilha até para esse "estado de espírito" rs....

Acompanho seus textos desde o primeiro, assumo não ser assíduo no blog, mas acompanho seu crescimento, e torço muito por vc. A cada dia se supera mais, e a cada dia vibro junto com vc por mais um visitante que adentra sua janela.

Acho que todos deviam ter uma Kandy como anjo da guarda. Eu realmente devo ser um menino muito bom, pra ter um celeste tão... Kandy.. rs.

Abra sua porta, deixe a luz entrar e faça o que sabe fazer de melhor.

Te Adoro Profs Querida (meu bordão né?) rs

E saiba que a cada dia abro um pouquinho mais esses olhos, que diz vc serem lindos quando estão abertos.

E agradeço a compreensão e a ajuda quando ainda estavam completamente fechados.

Bjinhus chorosos.. rsrs

Du

Neneca disse...

Oi Kandy!!!!
O Du me indicou o site e adorei o texto, muito bem dedicado ao Du... ele merece!
AH! Várias vezes ele se atrasou para me encontrar porque estava com vc... hihihihi depois ele te explica.

bj gde
Le

Patrícia Köhler disse...

Kandy, vim aqui mais uma vez porque o Eduardo (aqui em cima, e a quem você dedica o texto) comentou no Cintaliga me agradecendo pelo comentário anterior, e pedindo pra que eu lesse as palavras dele aqui, se quisesse. :-)

Eduardo, gostei muito das suas palavras aqui. Espero que este seu momento "olhos fechados" tenha passado, e que você tenha tirado uma boa lição dele. Como eu disse, felizes aqueles que, num momento extremamente delicado e em que seus olhos teimam em fechar, podem contar com a ajuda, carinho e compreensão de alguém sensível e sensata como a Kandy parece ser.

No mais, siga sua vida e tente seguir à risca as palavras da sapientíssima Clarice: "não tente entender; viver ultrapassa todo entendimento". Por mais clichê que seja, poucas palavras no mundo conseguem traduzir pra mim o que viver significa quanto estas dela.

Um beijo, um abraço bem apertado e o desejo de uma vida bem vivida pra você, com erros e acertos, caindo e levantando. :-)

Alexandre Bacelar disse...

Olá Kandy!

Encontrei seu blog por acaso e achei maravilhoso tudo que li aqui! e esse último texto é tão forte, tão denso! que chega a nos deixar leve e aliviado! pois quem ainda não abriu os olhos, pelo menos tentará após ler isso. Parabéns!
serei mais um leitor aqui!

abraço!

Donizetti disse...

Faço minhas as palavras do Ina. É um belo texto, com uma foto e tanto e a trilha sonora perfeita! Obrigado pela visita e pelos elogios ao Hedonismos. Pouca coisa é tão agradável quanto seguir um comentário em meu blog e dar de cara com textos tão gostosos. Irei acompanhar este espaço aqui bem de perto, e com muito carinho...

Anônimo disse...

Acessei seu blog por acaso, pelo link do Pensar Enlouquece, mas soh de ler esse texto, valeu muito a pena! Serve inclusive para mim...Obrigado!

George